Sábado, 30 de Maio de 2020
Telefone: (54) 3385 1019
Whatsapp: (54) 996691013
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Parcialmente nublado
22°
9°C
Tapera/RS
Parcialmente nublado
No ar: PLAYLIST 101.3 – As melhores da programação.
Ao Vivo: PLAYLIST 101.3 – As melhores da programação.
Studio News

Polícia Civil prende 15 pessoas em operação contra o tráfico no Rio Grande do Sul

Polícia Civil prende 15 pessoas em operação contra o tráfico no Rio Grande do Sul
13.02.2020 10h04  /  Postado por: fernando

A Polícia Civil (PC) deflagrou na manhã desta quinta-feira a Operação Origem, que cumpre 24 mandados de prisão e 16 de busca e apreensão nas cidades de Erechim, na região Norte do Rio Grande do Sul, e em Porto Alegre. Quinze pessoas já foram presas e a ação ainda é realizada.

O objetivo é desarticular um grupo criminoso envolvido no tráfico de drogas e outros crimes na região de Erechim. Todos os detidos foram encontrados em Erechim. Segundo as investigações, eles integram um grupo criminoso que atua com tráfico de drogas em diversas cidades da região Norte. Além da venda de entorpecentes, eles também seriam os responsáveis por assassinatos e roubos.

O delegado Gustavo Ceccon, responsável pela operação, afirmou que os homens presos seriam os autores de três roubos a joalherias, sendo dois em Barão do Cotegipe e um em Erechim. Ceccon explicou que a facção é comandada por presos que estão na Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc), onde teriam se organizado e associado a outros criminosos para criar um braço do grupo criminoso na região Norte do Estado. “Eles acabaram crescendo e se fortalecendo dentro do sistema prisional”, acrescentou.

Uma das características do grupo é trazer pessoas de outras cidades para atuar na região. “Essa organização tem adotado a iniciativa de trazer pessoas de fora para trabalhar para eles. Pessoas têm sido buscadas em Porto Alegre e Santa Maria”, disse. Estes funcionários de facções atuam por um tempo em um município e depois se mudam para outro, dificultando assim o trabalho de investigação.
Foto: Polícia Civil/Divulgação
Por
Correio do Povo

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.