Quarta-feira, 03 de Junho de 2020
Telefone: (54) 3385 1019
Whatsapp: (54) 996691013
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo limpo
18°
5°C
Tapera/RS
Tempo limpo
No ar: STUDIO MIX – O melhor mix de música e informação do seu rádio.
Ao Vivo: STUDIO MIX – O melhor mix de música e informação do seu rádio.
Notícias

Indefinições no Inter para o Gre-Nal envolvem três posições

Indefinições no Inter para o Gre-Nal envolvem três posições
11.03.2020 10h22  /  Postado por: fernando

O Inter que jogará o Gre-Nal não está definido. Em tese, são três as indefinições, que só serão dirimidas momentos antes de a bola rolar na Arena. A primeira e mais importante é no setor ofensivo, onde D’Alessandro disputa posição com Thiago Galhardo. Apesar de serem jogadores com características completamente diferentes, são as principais opções de Coudet para formar o ataque com Guerrero.

As outras duas indefinições estão nas laterais. Na direita, Rodinei, que fez a sua melhor partida pelo Inter contra a Católica, pode perder a vaga para Renzo Saravia, que estreou com boa atuação no domingo, diante do Brasil de Pelotas, no Beira-Rio. Dos pés do jogador, convocado nessa terça-feira para ajudar a seleção argentina em dois jogos das Eliminatórias da Copa, saiu o passe para um dos gols de Patrick na partida. Na esquerda, por sua vez, Uendel disputa a posição com Moisés, que apareceu em alguns treinos da semana, mostrando estar recuperado de um entorse de tornozelo.

Cobrança por protagonismo longe do Beira-Rio
O Inter de Eduardo Coudet já viveu momentos até mais decisivos na temporada, inclusive na Libertadores. Nenhum deles, entretanto, se oferece como tão grande desafio quanto o Gre-Nal que ocorre amanhã, na Arena. Além de ser fora de casa, contra o tradicional rival, todo o esquema proposto pelo novo técnico será posto à prova, principalmente a disposição de atacar fora de casa o mesmo tanto que no Beira-Rio. Segundo Edenilson, que concedeu entrevista ontem, esse é o principal pedido de Coudet aos jogadores nesses dias que antecedem o clássico.

“O professor pede para a gente jogar em casa e fora da mesma maneira. E é isso que a gente vai tentar fazer”, enfatiza o volante, que completa: “Ele quer que a gente jogue igual. Cobra bastante, pede e diz que se não jogarmos fora da mesma forma que em casa, ele vai trocar os jogadores. Então, temos que fazer. É o que estamos treinando. Temos que ir lá de peito aberto e jogar”.

É, em outras palavras, o que o próprio Coudet afirma sempre que tem oportunidade. Uma de suas promessas preferidas é dizer que o Inter será “protagonista” em qualquer lugar que jogue. “Estou seguro que vamos ser protagonistas”, afirmou ele, por exemplo, após a classificação do time para a fase de grupo da Libertadores, no final do mês passado. Depois da vitória sobre a Universidad Católica, terça-feira passada, ele disse exatamente a mesma frase.
Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação / CP
Por
Fabrício Falkowski

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.