Sábado, 27 de Fevereiro de 2021
Telefone: (54) 3385 1019
Whatsapp: (54) 996691013
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Tempo limpo
28°
17°
16°C
Tapera/RS
Tempo limpo
Ao Vivo:
Dupla Grenal

Rodinei cita gol olímpico “inadmissível” e fala em virar a chave para encarar o Boca

Derrota para o Fluminense fez o Inter estacionar nos 36 pontos no Brasileirão
Rodinei cita gol olímpico “inadmissível” e fala em virar a chave para encarar o Boca
23.11.2020 14h12  /  Postado por: fernando

O lateral-direito Rodinei teve dificuldades para comentar a derrota do Inter para o Fluminense, por 2 a 1, de virada, no Beira-Rio, neste domingo, pela 22.ª rodada do Campeonato Brasileiro. No entanto, o gol olímpico marcado por Lucca foi classificado como inadmissível.

“Agora não tem muito o que falar. Tomamos um gol de bola parada. Hoje em dia é inadmissível tomar gol olímpico”, afirmou Rodinei, em uma crítica aberta a ele e seus companheiros.

– Inter leva a virada do Fluminense e perde por 2 a 1 no Beira-Rio

– Leomir avalia que Inter “sentiu” gol olímpico sofrido

– Caetano admite preocupação com queda de rendimento do Inter

Apesar de ter lamentado o tropeço, que deixou o Inter mais distante da liderança, Rodinei disse que o momento agora é de virar a chave e focar no jogo de quarta-feira, contra o Boca Juniors, no Beira-Rio, pelas oitavas de final da Copa Libertadores.

“Temos de virar a chave. No Brasileiro estamos brigando lá em cima, mas sabíamos que não podíamos perder um jogo desses em casa. Agora é descansar, porque temos um jogo contra o Boca na quarta-feira”, finalizou o lateral.

A derrota neste domingo foi a terceira desde a chegada de Abel Braga e fez o Inter estacionar nos 36 pontos, em quarto lugar. O técnico, aliás, está de quarentena por ter contraído a Covid-19, e seu auxiliar Leomir ficou no banco de reservas.

Foto: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação / CP
Correio do povo

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.