Terça-feira, 28 de Setembro de 2021
Telefone: (54) 3385 1019
Whatsapp: (54) 996691013
Curta nossa página no Facebook:
Clique para Ouvir
Chuva
26°
16°
24°C
Tapera/RS
Chuva
No ar: STUDIO MIX – O melhor mix de música e informação do seu rádio.
Ao Vivo: STUDIO MIX – O melhor mix de música e informação do seu rádio.
Notícias

Prefeituras gaúchas começam a vacinar adolescentes sem comorbidades nesta semana

Porto Alegre, Camaquã e Novo Hamburgo aplicarão as primeiras doses contra Covid-19 em jovens menores de 18 anos
Prefeituras gaúchas começam a vacinar adolescentes sem comorbidades nesta semana
13.09.2021 14h40  /  Postado por: mateus

Municípios gaúchos tomaram a dianteira na imunização contra a Covid-19 por faixa etária e, em pelo menos duas regiões do Estado (Campanha e Litoral Norte), já há cidades aplicando a primeira dose da vacina da Pfizer no público abaixo dos 18 anos, sem comorbidades. Cidades localizadas em outras três regiões também já anunciaram que darão início a imunização deste público: Porto Alegre, na região Metropolitana, e Camaquã, na região Centro-Sul, até a quarta, dia 15. E, Novo Hamburgo, no Vale do Sinos, no sábado, 18, abrirá a vacinação direto para adolescentes a partir dos 12 anos.

Adolescentes com idades entre 12 e 17 anos estão aptos a receber a vacina da Pfizer (a única autorizada para esta faixa etária), mas, no RS, o avanço geral da vacinação por faixa etária para os sem comorbidades travou, sob diferentes justificativas. A delonga provocou um atraso na comparação com outros estados, nos quais as campanhas são anunciadas ou colocadas em prática há semanas. Em alguns, inclusive, há mais de 30 dias. O Distrito Federal e outros 17 estados já vacinam adolescentes sem comorbidades.

Em solo gaúcho, a vacinação de adolescentes avançou de fato até o momento na região da Campanha. Além de Bagé, que baixou a faixa em 4 de setembro, em Caçapava do Sul e em Lavras do Sul o público abaixo dos 18 anos, sem comorbidades, também está recebendo a primeira dose. Em Caçapava, a imunização começou há dias e, nesta segunda-feira, estão recebendo a vacina adolescentes de 13 anos de idade. Amanhã a cidade aplica primeiras doses naqueles com 12 anos. E, a partir de quarta, dia 15, ocorre a repescagem dos que não conseguiram ir a um dos locais durante a semana. Em Lavras, desde o sábado, 11, estão sendo vacinados aqueles a partir de 14 anos. Na vizinha Candiota as aplicações aconteceram ainda no início de agosto. Já no Litoral Norte, foi Torres que saiu na frente. O município começou a vacinar jovens entre 15 e 17 anos, sem comorbidades, na sexta-feira, 10.

Em Camaquã o cronograma também prevê o atendimento direto da faixa etária dos 12 anos ‘para cima’, sem escalonamentos, a partir da quarta-feira. Em Novo Hamburgo será realizado uma espécie de mutirão para os adolescentes no sábado, quando todas as 25 unidades de saúde e a Casa de Vacinas abrirão entre 9h e 15h. Ainda no Vale dos Sinos, São Leopoldo havia aberto a vacinação de pessoas de 17 anos, sem comorbidades, em 31 de agosto, mas interrompeu a campanha após ser notificada pela Coordenação Estadual de Vigilância em Saúde (CEVS), subordinada à Secretaria Estadual da Saúde (SES), de que estaria avançando sem autorização.

Em Porto Alegre, nesta manhã, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) ainda faz os últimos ajustes, definindo se abrirá a campanha para jovens de 17 anos sem comorbidades na terça ou na quarta-feira. Assim como em mais de outros 200 municípios gaúchos, a Capital possui doses para avançar na vacinação por faixa etária. A Anvisa autorizou a aplicação da vacina da Pfizer para a população a partir dos 12 anos de idade ainda no início do mês de junho. Em 2 de setembro o Ministério da Saúde publicou nota técnica autorizando oficialmente a imunização da faixa dos 12 aos 17 anos, em geral, e assegurando o envio de doses específicas para este público a partir de 15 de setembro.

Fonte: Correio do Povo

Foto:  Guilherme Almeida

Comente essa notícia
Receba nosso informativo
diretamente em seu e-mail.